Ads Top

Esse é o lugar mais perigoso para se sentar em um carro

Quando não se é o motorista, os passageiros têm a opção de escolher o lugar para viajar. Mas você sabe qual é o lugar mais perigoso para se estar em um possível acidente de carro? Para a maioria das pessoas, por motivos óbvios, o lugar de maior risco seria o assento do motorista ou do passageiro da frente, certo? Sim, mas segundo uma pesquisa recente, não é bem isso que os resultados mostraram.

Não é nenhuma novidade que os carros estão entre os meios de transportes mais perigosos do mundo. O carro só perde para a motocicleta como o veículo mais mortal. Transportes como balsas, trens, ônibus e até aviões já se mostraram muito mais seguros do que os carros. Mas, devido ao risco eminente colocado sobre o motorista e o passageiro da frente, as empresas do setor automobilístico investiram muito em termos de segurança para esses dois.  E ao que parece, os outros passageiros podem estar mais em risco. Levando em consideração que os bancos traseiros não contam com a mesma segurança, o faz disso um fato.

O estudo

Recentemente, o Instituto de Seguros para Segurança de Rodovias (IIHS) fez uma nova pesquisa sobre a segurança de veículos automobilísticos. Suas descobertas foram um tanto quanto surpreendentes. Os pesquisadores identificaram que os passageiros no banco de trás podem estar mais expostos à risco de lesão ou morte. Isso, comparado ao risco daqueles que estão na frente, dependendo dos cenários de colisão. Mesmo que pareça algo inesperado, há uma explicação bastante sólida sobre isso.

Segundo o IIHC, os fabricantes de automóveis priorizam a segurança dos passageiros e motoristas do banco da frente. Com isso, eles vêm desenvolvendo medidas preventivas, como é o caso da tecnologia revolucionária de airbag. Mesmo que alguns carros mais modernos já contem com a tecnologia nos bancos traseiros, isso ainda não era uma prioridade tempos atrás. O relatório ainda descobriu que os cintos de segurança traseiros são menos eficientes. Além de serem menos propensos a vir com “limitadores de força”. Essa última é uma medida que visa reduzir os danos causados pelos cintos de segurança em colisões.

“Os fabricantes tiveram muito trabalho para melhorar a proteção dos motoristas e dos passageiros do banco da frente. Nosso teste de colisão frontal moderadamente sobreposta e, mais recentemente, nossos testes de frente de sobreposição do lado do motorista e do lado do passageiro são provas disso. Esperamos que uma nova avaliação estimule um progresso similar no banco de trás”, disse Harkey, presidente do IIHS, em um comunicado.

Mudanças futuras

O estudo analisou ao todo 117 acidentes automobilísticos nos quais os passageiros de trás foram mortos ou gravemente feridos. Para isso, foram usadas as fotografais, registros policiais e médicos, além de relatórios de investigação e autópsia. Em muitos dos acidentes, os ocupantes do banco traseiro ficaram severamente mais feridos do que os passageiros da frente. Isso foi um alerta para a discrepância na segurança entre os assentos dianteiros e traseiros. Além disso, foi observado ainda que o tipo mais comum de lesão sofrida nesses casos era a lesão no peito, seguida pelos ferimentos na cabeça.

O IIHCC conclui o estudo alertando aos fabricantes de automóveis sobre a necessidade de pensar em medidas para a segurança também dos passageiros do banco de trás. Algo que, segundo o relatório, não é tão difícil, já que os limitadores de força por exemplo, podem ser facilmente instalados. Mas, implementar muitas dessas tecnologias não será algo tão fácil quanto parece, porém, é algo de extrema importância.

“Estamos confiantes de que os fabricantes de veículos podem encontrar uma maneira de resolver esse quebra-cabeça no banco de trás, assim como eles foram capazes de fazer na frente”, conclui Harkey.

E você, qual o seu lugar favorito para viajar de carro? Conta para a gente nos comentários e não se esqueça de usar sempre o cinto de segurança.

Essa matéria Esse é o lugar mais perigoso para se sentar em um carro foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.