Ads Top

Imagem mostra matéria cheia de energia sendo expelida de buraco negro

 (Foto: NASA/JPL-Caltech/IPAC/Event Horizon Telescope Collaboration)

 

Uma nova imagem revela dois jatos de material altamente energético sendo expelidos quase à velocidade da luz de um buraco negro — o primeiro fotografado. O objeto, apelidado de Pōwehi, está a 55 milhões de anos-luz da Terra na galáxia Messier 87.

Tudo que está ao redor de um buraco negro é "engolido" pelo supermassivo, menos algumas partículas, que são impelidas para fora em alta velocidade, em direções opostas. Os cientistas ainda não sabem porque isso acontece, mas conseguem detectar o evento.

Leia mais:
Imagem de astrofotógrafo brasileiro é destaque em site da NASA
Maior parte dos planetas não têm campo magnético para sustentar vida

Isso porque essas partículas diminuem de velocidade quando interagem com o gás presente ao redor do buraco negro, criando ondas de choque. Essas, por sua vez, emitem radiações detectáveis por dispositivos na Terra.

Na foto divulgada pela NASA, o jato à direita pode ser melhor observado porque está vindo em direção ao nosso planeta. Enquanto isso, à esquerda, as partículas se afastam tão rapidamente da Terra que são invisíveis — o formato que se assemelha a um "C" é a onda de choque causada por elas.

De acordo com a agência espacial, contudo, não há novas descobertas sobre o fenômeno: "Os cientistas ainda estão se esforçando para uma compreensão teórica de como inflamar o gás em torno de buracos negros cria jatos de saída", afirmou em comunicado oficial.

Curte o conteúdo da GALILEU? Tem mais de onde ele veio: baixe o app Globo Mais para ler reportagens exclusivas e ficar por dentro de todas as publicações da Editora Globo. Você também pode assinar a revista, a partir de R$ 4,90, e ter acesso às nossas edições.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.