Ads Top

Oceanos tem mais de 200 mil espécies de vírus, diz estudo

Mais de 200 mil de espécies de vírus diferentes foram encontradas nos oceanos do mundo (Foto: FONDATION TARA OCÉAN)

 

Pesquisadores da Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, montaram um mapa global de vírus encontrados nos oceanos da Terra. De acordo com o levantamento, as águas oceânicas têm mais de 200 mil espécies de vírus diferentes, encontradas a cerca de quatro mil metros de profundidade, do Polo Norte ao Sul.

O resultado do estudo é quase 12 vezes maior do que as estimativas anteriores e o local de maior diversidade viral foi o Oceano Ártico. Um litro de água marinha tem mais de um bilhão de vírus, mas a maioria deles, mesmo após o estudo, ainda permanece não identificada.

Os microrganismos que foram detectados não são perigosos aos humanos, mas podem afetar a vida marinha, incluindo baleias, crustáceos e micróbios. Com base na localização e profundidade em que estavam, os vírus foram divididos em grupos.

"Quando nós examinamos os genes dos vírus em cada uma dessas comunidades, encontramos evidência de uma adaptação genética em diferentes zonas do oceano”, afirmou Ann Gregory, agora pesquisadora da Universidade Católica de Leuven, na Bélgica.

Leia também:

+ Microrganismos conseguem viver no Mar Morto por "canibalismo"
+ Estudo quer reduzir poluição de navios, que emitem 2% do CO2 global

Para criar o mapa dos vírus, Gregory e seus colegas analisaram amostras de água marinha de mais de 80 lugares do mundo todo e utilizaram dados da Tara Oceans, uma expedição realizada por pesquisadores ao redor do mundo entre 2009 e 2013 para coletar informações sobre a vida marinha.

Após analisar o DNA viral das amostras, as sequências foram separadas em populações virais, que são nada mais do que as espécies de vírus. A análise abre a chance para que se conheça um pouco mais sobre os vírus presentes no oceano e pode ajudar a comunidade científica a descobrir a influência desses seres em micróbios marinhos como bactérias e fungos. Os vírus também impactam o plâncton, responsável pela produção de mais da metade do oxigênio do planeta.

Curte o conteúdo da GALILEU? Tem mais de onde ele veio: baixe o app Globo Mais para ler reportagens exclusivas e ficar por dentro de todas as publicações da Editora Globo. Você também pode assinar a revista, a partir de R$ 4,90, e ter acesso às nossas edições.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.