Ads Top

11 livros para aproveitar melhor o tempo em casa no mês de maio

11 livros para aproveitar o tempo em casa no mês de maio (Foto: Unsplash)

 

Com a implementação do distanciamento social por conta da pandemia de Covid-19, causada pelo novo coronavírus, muita gente está com tempo sobrando — e muitas vezes isso resulta em tédio. Que tal se ocupar durante esse período com uma boa leitura? Confira as novidades do mercado editorial e encontre o livro ideal para ler neste mês.

 

 

 

1. The Outsiders: Vidas sem rumo, de S. E. Hinton (Intrínseca, 240 páginas, R$49,90)

 (Foto: Divulgação)

 

É na cidade norte-americana de Tulsa, Oklahoma, que se passar a narrativa relatada neste clássico da literatura infantojuvenil. A cidade está dividida em dois grupos: os brigões Greasers e os “engomadinhos” Socs. Quando Pobybody Curtis, membro do primeiro grupo, decide desafiar os padrões, a história não termina nada bem.

Publicado pela primeira vez em 1967, o livro ganhou ganhando maior visibilidade quando foi adaptado para o cinema, em 1983, pelo diretor Francis Ford Coppola.

2. A deliciosa história da França, de Stéphane Hénaut e Jeni Mitchell (Seoman, 416 páginas, R$ 64)

 (Foto: Divulgação)

 



Qual a origem do queijo Roquefort? De onde veio o crepe? São a essas e outras perguntas que Stéphane Hénaut e Jeni Mitchell respondem neste divertido livro, cujo intuito é contar ao leitor as histórias reais, lendas e mitos por trás da criação de alguns dos pratos mais conhecidos da culinária francesa.

É com uma porção de habilidade e uma pitada de senso de humor que a dupla mostra que apreciar a gastronomia da França também é apreciar história. O melhor? Tudo é contado de forma fácil e compreensível — uma verdadeira colher de chá.

3. Mulher, solteira e feliz, de Gunda Windmüller (Primavera Editorial, 272 páginas, R$ 44,90)

 (Foto: Divulgação)

 

Ser mulher, ter mais de 30 anos e não estar em uma relação monogâmica estável é o mesmo que estar condenada a julgamentos, né? É dessa premissa que parte o livro da jornalista alemã Gunda Windmüller.

 

Na obra, ela discute os estereótipos sofridos por mulheres solteiras e ressalta as imposições sofridas por elas diariamente. Seu intuito: provar que “ficar para a titia” não é problema nenhum.

4. Você não merece ser feliz: Como conseguir mesmo assim, de Daniel Furlan e Pedro Leite, escrevendo como o personagem Craque Daniel) (Intrínseca ,160 páginas, R$ 34,90)

 (Foto: Divulgação)

 


Craque Daniel, um dos personagens mais divertidos da internet, dá conselhos “certeiros” para alcançar a felicidade nessa obra satírica. Escrito pelo roteirista e ator que dá vida ao personagem, Daniel Furlan, em parceria com o quadrinista Pedro Leite, essa obra fictícia de autoajuda vai fazer os fãs da TV Quase gargalharem.

5. Aretê, de Claudia Gonçalves (Scortecci, 140 páginas, R$)

 (Foto: Divulgação)

 

As princesas são sempre mocinhas delicadas e ingênuas, certo? Não nesta história! Em Aretê, primeiro livro de uma trilogia infantojuvenil, Raquel fará tudo que for necessário para libertar seu reino e sua família das mãos do poderoso Shur. Como em qualquer bom conto de fadas, o cenário desta história é um mundo medieval permeado por criaturas mágicas e fascinantes.

6. Gastura: Rastreando as profundezas da mente, de Fernando Machado  (Viseu, 262 páginas, R$ 53,90)

 (Foto: Divulgação)

 


A partir de suas lembranças o engenheiro civil Fernando Machado busca contar um pouco mais sobre o que vivenciou em seus 75 anos de vida. Mais que uma autobiografia, este livro traz insights sobre a história do Brasil e do mundo pela perspectiva de alguém comum, que acompanhou o noticiário e foi influenciado pelas mudanças em nossa sociedade tanto quanto qualquer outra pessoa.

Como a Ditadura Militar mudou as nossas vidas? E eventos mais distantes, como a Guerra do Vietnã? Não se surpreenda se, ao fim da leitura, você se pegar imaginando como todos os acontecimentos históricos o fizeram chegar até aqui.

 

 

 

7. SuperNormal, de Greg James e Chris Smith (Intrínseca, 336 páginas, R$ 44,90)

 (Foto: Divulgação)

 


Murph Cooper seria um moleque de 11 anos como qualquer outro não fosse o fato de ter que mudar constantemente de cidade por conta do trabalho da mãe. A vida do menino vira de cabeça para baixo quando ele é matriculado por engano em uma escola com alunos um tanto… peculiares.

Todos os seus colegas parecem ter habilidades superhumanas, como saber voar ou controlar o clima. Mas, quando os alunos e professores da escola são raptados por uma criatura bizarra com o DNA de vespa, a tarefa de resgatá-lo vai sobrar para Murph.

No primeiro livro desta série infantojuvenil, o menino se transforma no SuperNormal, o líder dos SuperZeróis. Para quem quer garantir boas risadas, esta obra é uma ótima opção.

8. Os olhos da escuridão, de Dean Koontz (Citadel, 272 páginas, R$ 44,90)

 (Foto: Divulgação)

 


Os olhos da escuridão foi originalmente publicado em 1981, mas voltou a ser comentado com o início da pandemia de Covid-19. Isso porque a história se passa em Wuhan, na China, onde o novo coronavírus surgiu — e as coincidências não param por aí.

Na ficção, o autor descreve uma arma biológica viral que é altamente letal e causa graves problemas respiratórios em quem é infectado. Além disso, quando Dean Koontz publicou o livro, há quase quatro décadas, o microrganismo que aparece na obra foi batizado de Gorki-400. Ainda na década de 1980, em uma reedição do livro, o autor optou por mudar o nome do vírus mencionado para Wuhan-400.

 


O centro da narrativa, entretanto, não é o vírus, mas a luta de uma mãe para aceitar a morte de seu filho. Quando Danny morre misteriosamente em um acampamento, Tina tem de aprender a viver sem o filho. Contudo, seu luto será interrompido pelo surgimento de evidências de que a criança está, na verdade, viva.

9. Filho da noite, de Antonio Calloni (Valentina, 160 páginas, R$ 34,90)

 (Foto: Divulgação)

 


Este livro traz referências culturais do cinema, do teatro até da própria literatura em uma mistura de terror e fantasia difícil de definir. Na obra, todos (até o narrador) têm poder para dar voz às suas dúvidas e reflexões sobre a existência no espaço e no tempo.

10. Meteoro, de Mauro Segarra (Amazon, 230 páginas, preço sob consulta)

 (Foto: Divulgação)

 


Quando um pastor evangélico e uma refugiada venezuelana são encontrados mortos no quarto de uma estalagem em Roraima, Turíbio, o filho do religioso, resolve investigar o caso a fundo. O resultado dessa narrativa é, além de um romance policial viciante, o retrato da vida que os fugitivos da Venezuela levam no meio da Amazônia.

11. Mulheres normais, de Izabella de Macedo (Lura, 49 páginas, R$ 39,90)

 (Foto: Divulgação)

 


Sucesso no Instagram (@izabellademacedo), a advogada curitibana compartilha nesta obra uma série de crônicas inspiradas nas mulheres do mundo. Nos textos, Macedo busca compartilhar de forma honesta as diversas facetas, dificuldades e encantos que circundam o sexo feminino.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.