Ads Top

11 livros para curtir o mês de junho e se manter bem informado

11 livros que tornarão junho um mês de pura curtição (Foto: Unsplash)

 

Mês de junho para os brasileiros geralmente é sinônimo de festa junina, né? Mas em tempos de pandemia da Covid-19, o melhor é praticar o distanciamento social ficando em casa. Para te ajudar nessa missão, separamos alguns lançamento literários deste mês que vão tornar o tempo em casa pura curtição. Confira:

 (Foto: Divulgação)

 

Uma dor tão doce, de David Nicholls (Intrínseca, 384 páginas, R$ 54,90)
Às vésperas de seu casamento, Charles Lewis resolve contar ao leitor sobre uma paixão que viveu na juventude, no verão de 1997. O protagonista conta como, mesmo em meio a uma crise familiar, resolveu participar de uma montagem de Romeu e Julieta, de William Shakespeare, para poder se aproximar de Fran Fisher, a menina que interpretava a protagonista. Em uma narrativa que mistura passado e presente, o livro é uma ode à pureza do primeiro amor.

Os Reis Taumaturgos: Estudo sobre o caráter sobrenatural do poder regional na França e Inglaterra, de Marc Bloch (Edipro, 496 páginas, R$ 87)
Lançado em 1924 pelo historiador Marc Bloch, esta obra é um relato aprofundado da história da França e da Inglaterra por um viés diferente: a crença da época de que os reis também eram curandeiros. O livro é uma reflexão sobre como o misticismo que circundava o poder régio foi essencial para a manutenção da governabilidade durante a Idade Média.

 

 

 

Eles, de AT Sérgio (Luva Editora, 188 páginas, R$ 32,90)

Eles, de AT Sérgio (Luva Editora, 188 páginas, R$ 32,90) (Foto: Divulgação)

 

Que tal um romance de ficção científica em terra tupiniquim? O cenário é a cidade fictícia de Santa Clara da Paciência que, em 1994, foi invadida por seres bizarros que são atraídos pela luz. O protagonista desta história é Adalberto Flores Masseiro, um comerciante de 40 anos que está acostumado com sua rotina pacata e sedentária. O improvável herói terá de sobreviver ao ataque dos seres bizarros enquanto tenta descobrir o que são Eles.

Primavera das mulheres: 100 Questões Essenciais para Entender o Feminismo no Mundo Contemporâneo, de Pilar Pardo Rubio (Cultrix, 440 páginas, R$ 62)

 (Foto: Divulgação)

 

Nesta obra, a consultora jurídica e especialista em perspectiva de gênero Pilar Pardo Rubio explica de forma didática vários tópicos que tangem um dos mais discutidos assuntos da atualidade: o feminismo. Publicado originalmente em 2017, o livro foca principalmente nas questões modernas do movimento feminista, que ganhou novas proporções com a criação das redes sociais.

Simone de Beauvoir: A biografia, de Huguette Bouchardeau (Nova Fronteira, 336 páginas, R$ 39,90)

 (Foto: Divulgação)

 

 

A história da escritora, filósofa e feminista Simone de Beauvoir é contada neste livro. Originalmente publicado em 2008, a obra chega ao Brasil na forma de e-book pela editora Nova Fronteira.

Contágio, de David Quammen (Companhia das Letras, preço sob consulta)

Lançado pela primeira vez em 2012, Contágio é um estudo aprofundado sobre epidemiologia e traz insights acerca do consumo de carne — e de como ele pode resultar em novas doenças. A obra foi dividida em quatro e-books pela Companhia das Letras e pode ser encontrada no site da editora.

O mal-estar da civilização, de Sigmund Freud (Cienbook, 96 páginas, R$ 29)

 (Foto: Divulgação)

 

Este livro de Sigmund Freud se tornou referência para psicanalistas em todo o mundo após sua publicação em 1930. A obra traz reflexões acerca da sexualidade e da agressividade dos seres humanos. Nesta edição da Cienbook, o leitor conta com um prefácio do filósofo Guilherme Marconi Germer.

O silêncio da cidade branca, de Eva García Sáenz de Urturi (Intrínseca, 416 páginas, R$ 59,90)

 (Foto: Divulgação)

 

Quando Tasio Ortiz de Zárate está prestes a sair da prisão mais de duas décadas após ter sido preso por múltiplos assassinatos na cidade de Vitoria, no País Basco, crimes parecidos com os atribuídos ao criminoso começam a acontecer. A tarefa de desvendar o mistério é do especialista em perfis criminais Unai López de Ayala, que ficou obcecado pelos homicídios no passado.

 

Com direito a detalhes clássicos das histórias policiais, como um investigador com a vida atribulada e um serial killer com modus operandi macabro, O silêncio da cidade branca é o primeiro livro de uma trilogia. Em 2019, a história foi adaptada para a Netflix.

Pilatos, de Carlos Heitor Cony (Nova Fronteira, 248 páginas, R$ 39,90)

Pilatos, de Carlos Heitor Cony (Nova Fronteira, 248 páginas, R$ 39,90) (Foto: Divulgação)

 

Lançado em 1974, o livro Pilatos é considerado uma das grandes obras que retratam a Ditadura Militar no Brasil. Na história, o leitor acompanha as peripécias do protagonista, um homem que carrega seu pênis amputado (carinhosamente apelidado de Herodes) em um pote de vidro enquanto anda pelas ruas do Rio de Janeiro.

A grande gripe: A história da Gripe Espanhola, a pandemia mais mortal de todos os tempos, de John M. Barry (Intrínseca, 608 páginas, R$ 59,90)

 (Foto: Divulgação)

 

Esta obra do historiador e jornalista John M. Barry é leitura essencial para quem quer compreender a história da Gripe Espanhola. A pandemia atingiu o mundo em 2018 e foi mais mortal de todos os tempos — ao todo 50 milhões de pessoas morreram (o equivalente a 5% da população mundial da época).

 

Em um texto fácil e didático, o autor conta episódios daquele período e traz insights do porquê algumas práticas do sanitarismo mudaram (ou permaneceram as mesmas). A grande gripe é uma leitura de referência na área e traz reflexões importantes — principalmente em tempos de distanciamento social.

Inimigo mortal: Nossa guerra contra os germes assassinos, de Michael T. Osterholm e Mark Olshaker (Intrínseca, 304 páginas, R$ 49,90)

 (Foto: Divulgação)

Publicado em 2017 após o "boom" da epidemia de ebola que atingiu alguns países da África entre 2013 e 2016, este livro se mostra mais atual do que nunca. Na obra, o renomado epidemiologista Michael T. Osterholm se une ao documentarista e autor Mark Olshaker para relatar os achados mais recentes da ciência quando o assunto são microrganismos, assim como quais lições foram aprendidas (ou não) em pandemias passadas.

A versão distribuída pela Intrínseca ainda conta com um prólogo preparado pelos próprios autores para a reedição de 2020 da obra, que traz reflexões atuais sobre a pandemia de Covid-19. O livro é uma boa pedida para quem quer compreender como um mero microrganismo pode ser tão contagioso — e devastador.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.