Ads Top

Diretor revela que Fox barrou atriz negra como Mulher Invisível em “Quarteto Fantástico”

Em uma recente entrevista ao portal Geeks of Color, Josh Trank, diretor de “Quarteto Fantástico” lançado em 2015, revelou que teve alguns problemas durante a produção do filme, a partir da escalação dos atores.

No filme, a Mulher Invisível foi interpretada por Kate Mara e na história, a personagem era irmã adotiva do Tocha Humana, que foi vivido por Michael B. Jordan. Contudo, a ideia era ter uma família completamente negra: Sue, Johnny e o doutor Franklin Storm.

Trank queria que a personagem de Sue fosse vivida por uma atriz negra, sugestão que foi barrada pelos estúdios Fox. O diretor disse ter se arrependido por não ter abandonado o projeto e que tem vergonha por não ter defendido a visão inicial.

“Quando eu olho para trás, eu deveria ter abandonado [o projeto] quando isso aconteceu, e me sinto envergonhado com isso, porque não fui condizente com meus princípios. Esses não são os valores que defendo em minha própria vida. Sou alguém que sempre fala em defender o que acredito, mesmo que isso signifique queimar minha carreira. Me sinto mal por não ter levado isso até as últimas consequências. Sinto que falhei nesse sentido.”

O reboot de “Quarteto Fantástico” recebeu críticas negativas dos críticos e fãs e arrecadou apenas US$ 56 milhões nos EUA e US$ 168 milhões em todo o mundo, porém com um orçamento estimado de US$ 155 milhões. Ele se tornou um dos filmes Marvel com menor arrecadação da história.

Caso você não tenha assistido ao filme, se liga no trailer:

O post Diretor revela que Fox barrou atriz negra como Mulher Invisível em “Quarteto Fantástico” apareceu primeiro em PAPELPOP.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.