Ads Top

TikTok tomará medidas para promover criadores negros após ser acusado de censura

TikTok tomará medidas para promover criadores negros após ser acusado de censura Por Redação Link São Paulo, 03 (AE) - Após ser criticado por supostamente censurar vídeos, o TikTok decidiu tomar medidas para promover criadores negros. O serviço anunciou na segunda, 1º de junho, que criará um conselho de diversidade dos criadores, que terá como objetivo reconhecer e amplificar as vozes que direcionam a cultura, a criatividade e os diálogos importantes na plataforma. O serviço confirmou participação do "Black Out Tuesday", movimento da indústria da música nos EUA que promoveu o silêncio em diversos serviços de música para protestar contra o racismo e a morte de George Floyd na terça-feira, 2. A participação do APP foi feita por meio do silenciamento da página Sounds e de todas as playlists e campanhas. Em relação à moderação de conteúdo, principal alvo de críticas, o TikTok afirmou que vai avaliar suas estratégias de moderação e vai construir uma nova ferramenta para poder recorrer a decisões. A companhia disse ainda que criar um novo portal para expandir as comunicações e oportunidades para os criadores. A plataforma afirmou que doará US$ 3 milhões para organizações da comunidade negra, e mais US$ 1 milhão para combater injustiças e desigualdades raciais, embora nomes específicos não tenham sido revelados. Logo após o início dos protestos pela morte de George Floyd, o TikTok sofreu o que chamou de "problema técnico" que fazia com que vídeos com as hashtags #BlackLivesMatter e #GeorgeFloyd aparecessem com zero visualizações.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.