Ads Top

Google adia morte dos apps na Chrome Web Store

O Google adiou mais uma vez a morte dos apps na Chrome Web Store. A companhia anunciou nesta segunda-feira (10) que irá manter o suporte aos aplicativos do Google Chrome no Windows, Mac e Linux até junho de 2021. O recurso está previsto para ser encerrado por completo em todas as plataformas do navegador em 2022.

Google adia morte dos apps na Chrome Web Store mais uma vez (Foto: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

Os anúncios sobre o fim do suporte aos aplicativos que rodam “fora” do navegador, em janelas próprias, começaram ainda em 2016. Na época, o Google informou que encerraria a função em 2018. A companhia, porém, estendeu o prazo em janeiro de 2020, quando disponibilizou um calendário com as etapas para finalizar o recurso.

Ontem, em uma publicação no blog do Chromium, o Google adiou novamente o fim dos apps na Chrome Web Store. Agora, o suporte aos aplicativos do Google Chrome para Windows, macOS e Linux será mantido até junho de 2021. Já os usuários corporativos e do Chrome OS poderão utilizar os apps até o mesmo mês do ano seguinte.

O encerramento dos aplicativos será concluído de vez somente em junho de 2022. A partir deste mês, segundo o Google, o navegador não terá mais suporte ao recurso em nenhuma plataforma. Ainda de acordo com a companhia, essa alteração não impacta as extensões do Google Chrome, que ainda estarão disponíveis para todos.

“O Google continuará a oferecer suporte e investir em extensões do Chrome em todas as plataformas existentes. Promover um ecossistema robusto de extensões é fundamental para a missão do Chrome e temos o compromisso de fornecer uma plataforma de extensão útil para personalizar a experiência de navegação para todos os usuários”, dizem.

Vale lembrar que o navegador não recebe novos aplicativos públicos desde março de 2020. Os desenvolvedores poderão atualizar e enviar novo apps privados ou “não listados” até junho de 2022.

Com informações: Android Police, Chromium Blog e The Verge

Google adia morte dos apps na Chrome Web Store

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.