Ads Top

Neon registra prejuízo de R$ 105,3 milhões e promete novos produtos

O balanço consolidado da Neon em 2019 mostra que a fintech de pagamentos aumentou seu prejuízo líquido: foram R$ 105,3 milhões no vermelho no ano passado, um resultado 153% pior que o registrado em 2018. A empresa, que cresceu quase cinco vezes em faturamento, promete ampliar a oferta de crédito e oferecer novos produtos ainda em 2020.

Neon Pagamentos / cartão

A Neon Pagamentos registra forte crescimento em receita nos últimos anos, mas o prejuízo também sobe: a empresa perdeu R$ 12,7 milhões em 2017 e outros R$ 41,6 milhões em 2018. Isso acontece porque, embora o faturamento com serviços esteja aumentando, as despesas também crescem quase na mesma proporção.

Segundo o UOL, que teve acesso ao balanço da Neon, a receita líquida operacional da fintech aumentou de R$ 4,9 milhões em 2018 para R$ 23,9 milhões em 2019, uma alta de 387,8%. Já as despesas subiram de R$ 35,1 milhões para R$ 167,6 milhões no mesmo período, um aumento de 377,5%. A alta nos gastos foi impulsionada pelas despesas com vendas, que quintuplicaram em um ano.

A fintech possui conta digital para pessoas físicas e jurídicas (Neon Pejota) sem taxa de manutenção, investimentos em renda fixa e cartões de crédito e débito sem anuidade. Recentemente, a Neon passou a oferecer empréstimos pessoais com taxas a partir de 2,65% ao mês para um grupo de clientes.

Em meio à pandemia, a Neon planeja “continuar a crescer de forma acelerada e ao longo deste ano faremos a ampliação da oferta de crédito, bem como o lançamento de novos produtos”, sem especificar quais. A empresa diz que solicitou autorização ao Banco Central para operar como instituição de pagamento.

Neon registra prejuízo de R$ 105,3 milhões e promete novos produtos

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.