Ads Top

Período de incubação de Sars-CoV-2 pode ser maior do que 5 dias

Estudo mapeia danos do Sars-CoV-2 em outros órgãos além do pulmão (Foto: Viktor Forgacs/Unsplash)

 

A corrida para combater a pandemia de Covid-19 não inclui apenas o desenvolvimento de uma vacina. Aliás, para encontrar um imunizante ou tratamento eficaz é fundamental entender a doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). E é isso que a ciência vem fazendo desde que os primeiros casos da doença surgiram, no fim de 2019, em Wuhan, na China.

 

Um dos aspectos que os estudiosos estão em busca de entender melhor é o período de incubação — isto é, o tempo entre a infecção e a manifestação de sintomas — da Covid-19. As estimativas atuais indicam que isso acontece entre quatro e cinco dias, mas ainda faltam pesquisas para comprovar isso.

Em um estudo publicado nesta sexta-feira (7) no periódico Science Advances, cientistas chineses apresentaram os achados obtidos em uma análise feita com 1084 pessoas confirmadas com Covid-19 que moram ou haviam viajado para Wuhan.

Para realizar a investigação, eles utilizaram dados públicos de saúde a fim de avaliar datas em que havia ocorrido infecções. Depois, selecionaram indivíduos pré-sintomáticos e os acompanharam até o surgimento dos sintomas.

Os especialistas calcularam que o período médio de incubação é de 7,75 dias, sendo que 10% dos pacientes demoraram 14 dias para apresentar sinais da doença. Isso seria preocupante porque esse é, atualmente, o período de quarentena considerado seguro para pessoas que podem ter se infectado.

 

Mas os próprios autores ponderam que ainda são necessárias mais pesquisas para investigar essa questão. De qualquer forma, seguir estudando o período de incubação é importante, de acordo com os cientistas chineses, para estabelecer diretrizes mais certeiras e seguras contra a Covid-19.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.