Ads Top

UFRJ recebe R$ 20 mi da Alerj para reconstrução do Museu Nacional

Parte do museu deve ser reaberto em 2022
Parte do museu deve ser reaberto em 2022 Divulgação

A UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) recebeu, nesta quarta-feira (19), o repasse de R$ 20 milhões da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio) para a reconstrução do Museu Nacional, que pegou fogo em setembro de 2018.

A assinatura para liberação da verba ocorreu em frente à instituição, na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, na zona norte do Rio.

De acordo com a reitora da UFRJ, Denise Pires de Carvalho, parte do museu, que guardava o maior acervo de história natural e de antropologia da América Latina, deve ser reaberto ao público em 2022.

Leia mais: Alerj libera repasse de R$ 20 mi para reconstrução do Museu Nacional

"Com esse recurso vamos conseguir começar as obras das fachadas e dos telhados. Já estamos com o projeto executivo no seu término e devemos iniciá-la ainda este ano", afirmou Denise.

Cerimônia oficial ocorreu em frente ao museu, na Quinta da Boa Vista
Cerimônia oficial ocorreu em frente ao museu, na Quinta da Boa Vista Divulgação

 

Leia mais: Fiocruz lança projeto de combate a covid-19 em comunidades do Rio

A reitora também destacou que área de pesquisa e pós-graduação do museu é a prioridade no projeto de reconstrução. Atualmente, os pesquisadores trabalham no Horto Universitário.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.