Ads Top

China vai lançar iniciativa para regras globais de proteção de dados

Medidas devem ser anunciadas pelo ministro das Relações Exteriores, Wang Yi
Medidas devem ser anunciadas pelo ministro das Relações Exteriores, Wang Yi Flickr/agenciaandes_ec (Sob Licença Creative Commons)

A China está lançando uma iniciativa para definir padrões globais de segurança de dados, combatendo esforços dos EUA para persuadir países a isolarem suas redes da tecnologia chinesa, relatou o Wall Street Journal na segunda-feira (7).

Sob sua "Iniciativa Global sobre Segurança de Dados", a China apelaria a todos os países para lidar com a segurança de dados de uma "maneira abrangente, objetiva e baseada em evidências", disse o jornal, citando um rascunho revisado.

A iniciativa exorta países a se oporem à "vigilância em massa contra outros Estados" e pedir às empresas de tecnologia que não instalem recursos para obter ilegalmente dados, controlar ou manipular sistemas e dispositivos dos usuários.

O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, deve anunciar a iniciativa nesta terça-feira em um seminário em Pequim sobre governança digital global, disse o relatório.

Diplomatas chineses abordaram diversos governos em busca de apoio para a nova iniciativa de Pequim, segundo o relatório.

O governo do presidente Donald Trump nos últimos meses aumentou restrições às empresas chinesas, citando preocupações com a segurança nacional. Washington também lançou uma iniciativa de "Rede Limpa" para excluir empresas de tecnologia chinesas percebidas como uma ameaça à segurança nacional.

LEIA TAMBÉM: Tsar Bomba: Rússia divulga imagens do maior teste nuclear da história

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.