Ads Top

Como Começar uma Redação Narrativa

As redações narrativas contam uma história, o que é ótimo para treinar a criatividade. A sua história pode ser fictícia ou não, dependendo do que foi pedido pelo professor. Em um primeiro momento, começar uma redação narrativa pode parecer difícil, mas você pode facilitar as coisas definindo o tópico e planejando a sua história. Depois, você conseguirá escrever a introdução dela facilmente.

[editar]Passos

[editar]Escolhendo o tópico da narrativa

  1. Leia com atenção a descrição da tarefa para entender o que deve ser feito. É melhor ler a descrição da tarefa mais de uma vez para saber exatamente o que você deve fazer. Veja se há uma solicitação ou pergunta que você precisa responder. Além disso, leia com atenção a lista de requerimentos para receber a nota máxima.[1]
    Start a Narrative Essay Step 1.jpg
    • Se o instrutor der uma rubrica, leia-a para identificar o que ele espera para dar a nota máxima. Depois, você pode comparar a sua redação com a rubrica antes de entregá-la.
    • Se tiver dúvidas sobre a tarefa, fale com o instrutor.
  2. Faça um brainstorming para encontrar ideias de histórias para a sua narrativa. No primeiro momento, deixe as ideias fluírem livremente sem tentar definir o tópico. Escolha se quer escrever uma história pessoal ou fictícia. Assim que fizer uma boa lista de possíveis tópicos, você pode escolher o que prefere. Por exemplo, você pode escrever sobre a primeira festa do pijama que você foi, o dia que trouxe um filhote de cachorro para casa ou uma história fictícia sobre um garoto que está com dificuldade de fazer uma fogueira no acampamento. Veja abaixo algumas formas de fazer um brainstorming:[2]
    Start a Narrative Essay Step 2.jpg
    • Faça uma lista das primeiras coisas que vierem na sua cabeça quando você pensar na proposta de redação ou na pergunta dada.
    • Faça um mapa mental para organizar as suas ideias.
    • Use a escrita livre para descobrir ideias para histórias. Simplesmente escreva qualquer coisa que vier na sua cabeça sem se preocupar com a gramática ou se aquilo faz sentido ou não.
    • Faça um esboço para ajudar a colocar as suas ideias em ordem.
  3. Escolha um evento significativo para detalhar na história. Reveja a sua lista de ideias para encontrar um evento que caiba no que foi proposto. Depois, defina o tópico a um acontecimento específico para que esse evento caiba em uma redação.[3]
    Start a Narrative Essay Step 3.jpg
    • Não tente contar coisa demais em uma redação, pois isso dificulta o trabalho do leitor de acompanhar a história.
    • Por exemplo, digamos que a proposta da tarefa seja a seguinte: “Escreva sobre uma dificuldade que você teve que o ensinou sobre perseverança.” Você pode escrever sobre uma fratura que gerou reflexão sobre como é a vida das pessoas com deficiência. Deixe as coisas mais definidas falando sobre a fisioterapia que você teve que fazer e as dificuldades que teve que enfrentar.
  4. Decida qual será o tema ou a mensagem que a sua história vai passar. Relacione a sua história com o que foi pedido e pense na sensação que ela causa em você. Além disso, pense em como você quer que o leitor se sinta depois de ler a sua redação. Use essas respostas para identificar o tema principal ou a mensagem da sua história.[4]
    Start a Narrative Essay Step 4.jpg
    • Por exemplo, a história de se recuperar de uma fratura pode ter a temática de superar dificuldades e perseverar para atingir um objetivo. Você pode querer que o leitor se sinta inspirado e esperançoso depois de terminar a história. Para conseguir isso, foque nos sucessos que você teve durante esse processo e termine a redação com um pensamento positivo.

[editar]Planejando a sua história

  1. Faça uma lista de personagens com descrição de cada um. Comece com os principais. Escreva o nome, a idade e uma descrição deles. Defina as motivações, desejos e relacionamentos deles uns com os outros. Depois de criar esse esboço de personagens para os principais, faça uma breve lista dos personagens coadjuvantes que você vai incluir e os detalhes mais importantes sobre eles.[5]
    Start a Narrative Essay Step 5.jpg
    • Se você é um dos personagens da sua história, ainda assim é necessário fazer isso. A quantidade de detalhes que você escreverá sobre si mesmo fica a seu critério. Porém, ajuda escrever uma descrição sua falando quais eram os seus interesses e desejos no momento que a história aconteceu, especialmente se já faz bastante tempo.
    • A descrição de um personagem principal deve ficar mais ou menos assim: “Karina, 12 – jogadora de basquete que sofre uma lesão. Ela quer se recuperar para poder voltar para as quadras. Ela é paciente do André, um fisioterapeuta que está auxiliando na recuperação dela.”
    • A descrição de um personagem secundário ficaria mais ou menos assim: “Dr. Lopez é um ortopedista de meia idade bem simpático que cuidou da lesão da Karina no pronto-socorro.”
  2. Descreva o cenário da história usando algumas frases breves. Identifique os lugares diferentes onde a história se passa e o período de tempo dela. Anote todos os lugares que você vai incluir na história, mesmo que não vá descrever todos eles com a mesma riqueza de detalhes. Anote algumas descrições que você associa com determinado local (ou locais).[6]
    Start a Narrative Essay Step 6.jpg
    • Por exemplo, uma história sobre se recuperar de uma lesão esportiva pode ter cenários como a quadra de basquete, a ambulância, o hospital e o consultório do fisioterapeuta. Mesmo que você queira mostrar todos os cenários para o leitor, você passará mais tempo no cenário principal.
    • Você pode usar descrições como “piso barulhento” “cheia de holofotes”, “com arquibancada lotada”, “cores das equipes nos assentos”, “cheiro de suor e de isotônico” e “camisa molhada grudada nas minhas costas” para falar da quadra de basquete.
    • A sua história pode ter vários cenários diferentes, mas você não precisa dar o mesmo nível de detalhes para todos eles. Por exemplo, você ficaria poucos minutos na ambulância, então não precisa descrevê-la por completo. No entanto, você pode contar ao leitor que se sentiu "com frio e sozinho naquela ambulância toda acinzentada e barulhenta."
  3. Mapeie o enredo da sua história definindo o começo, o meio e o fim. As redações narrativas geralmente seguem um arco de história. Comece a contá-la apresentando os personagens e o cenário e, em seguida, já coloque o incidente que vai prender o leitor na ação da história. Depois, siga elevando a ação até chegar no clímax da história. Por fim, descreva a resolução e o que o leitor deve tirar de conclusão sobre ela.[7]
    Start a Narrative Essay Step 7.jpg
    • Por exemplo, você pode apresentar uma jovem jogadora de basquete que está prestes a fazer uma grande jogada. O incidente que faz a história realmente começar pode ser a lesão dela. Depois, a sequência de ação é o esforço que ela faz na fisioterapia para voltar a jogar. O clímax pode ser o dia de testes para entrar no time. Você pode finalizar a história quando ela encontra o nome dela na lista de aprovados para o time e, nesse momento, ela percebe que tem a capacidade de superar qualquer obstáculo.
    • Use o triângulo de Freytag ou um gráfico organizador para ajudá-lo a planejar a sua redação. O triângulo de Freytag é um triângulo com uma linha comprida à esquerda e uma curta à direita. É uma ferramenta que ajuda você a planejar o começo da sua história (exposição), um incidente que começa a desencadear os eventos da história, a ação crescente, o clímax, a ação decrescente e a resolução da história.
    • Você encontra o modelo do triângulo de Freytag ou de gráficos organizadores para narrativas na internet.[8]
  4. Escreva o clímax da sua história em detalhes ou só um esboço. O clímax é o ponto mais alto da história. O começo e boa parte do meio da sua história se desenvolverão até chegar nesse ponto. Depois, o final vai resolver o conflito que motiva o clímax.[9]
    Start a Narrative Essay Step 8.jpg
    • Os tipos de conflito mais comuns são pessoa versus pessoa, pessoa versus natureza e pessoa versus si mesmo. Algumas histórias têm mais de um tipo de conflito.
    • Na história da jovem atleta que se lesiona, o conflito pode ser pessoa versus si mesmo, já que ela está tentando superar as dores e as limitações dela.
  5. Escolha o ponto de vista da sua história (primeira ou terceira pessoa). O seu ponto de vista vai depender de quem está contando a história. Se for uma história pessoal, o ponto de vista sempre será em primeira pessoa. Sendo assim, você também pode usar a primeira pessoa para contar uma história do ponto de vista de um personagem. Você deve usar a terceira pessoa para contar histórias sobre personagens e outras pessoas que não são você (ou quando não quiser assumir o ponto de vista deles).[10]
    Start a Narrative Essay Step 9.jpg
    • Na maioria dos casos, uma narrativa pessoal vai usar o ponto de vista do “eu” em primeira pessoa. Por exemplo: “No último verão, eu aprendi a pescar com o meu avô.”
    • Se for uma história ficcional, você pode usar a terceira pessoa. Escreva usando o nome do seu personagem e os pronomes adequados para ele. Por exemplo: “Mia destravou o cadeado e conseguiu abri-lo.”

[editar]Escrevendo a sua introdução

  1. Comece a redação com algo que engaje o leitor. Abra a história com uma ou duas frases que atraiam o leitor. Para fazer isso, monte algo que introduza o tópico da história e dê a sugestão do que será contado de uma forma que engaje quem está lendo. Veja abaixo algumas técnicas para prender a atenção do leitor:[11]
    Start a Narrative Essay Step 10.jpg
    • Comece a redação com uma pergunta retórica, como “Você já teve que encarar a perda de algo importante para você?”
    • Faça uma citação que caiba na sua temática. Um exemplo: “De acordo com Rosa Gomez, ‘Você não sabe o quanto é forte até que um obstáculo venha e destrua os seus planos.”
    • Fale de um fato interessante relacionada à sua história, como “Cerca de 70% das crianças param de praticar esportes aos 13 anos, e eu quase fui uma delas.”
    • Use uma anedota breve que tenha relação com a sua história como um todo. No exemplo da redação sobre superar uma lesão, você pode colocar uma passagem dos seu melhor momento jogando basquete antes de se machucar.
    • Comece com uma frase chocante. Exemplo: “Assim que eles me colocaram na ambulância, eu soube que talvez jamais jogaria basquete de novo.”
  2. Introduza os personagens principais da história. O leitor precisa ter uma ideia clara de qual é a temática da redação. Dê nome aos personagens e os descreva brevemente. Você não precisa contar todos os detalhes deles na introdução, mas o leitor deve saber, no geral, quem eles são.[12]
    Start a Narrative Essay Step 11.jpg
    • Digamos que você é o personagem principal. Você pode escrever “Como sou alta para uma garota de 12 anos, eu vencia as divididas facilmente na quadra.” Isso dá ao leitor uma imagem de como você é e o seu interesse em esportes, assim como suas habilidades.
    • Se for uma história fictícia, você pode introduzir seu personagem assim: “Conforme ia caminhando para o pódio de debate da escola, Alice mostrava confiança nos passos firmes, a calça jeans de cintura alta bem ajustada, mas de modelo popular, e seus cabelos longos esvoaçando pelos ombros.” Isso não só ajuda o leitor a imaginar a Alice como também mostra que ela se preocupava com a própria aparência. O fato dela usar uma calça de modelo popular indica que a família dela não é rica.
  3. Descreva o cenário para criar uma ambientação para a sua história. O cenário inclui o “onde” e o “quando” da redação. Deixe claro quando essa história aconteceu. Além disso, dê detalhes sensoriais para ajudar o leitor a imaginar como seria estar naquele lugar.[13]
    Start a Narrative Essay Step 12.jpg
    • Você pode dizer “Eu estava na sétima série e sabia que tinha que entrar para o time do colégio se quisesse atrair a atenção dos treinadores do ensino médio.”
    • Os detalhes sensoriais ativam a nossa visão, audição, tato, olfato e paladar. Exemplo: “Os meus tênis faziam barulho ao caminhar pela quadra de madeira enquanto eu driblava as jogadoras para chegar onde queria: perto da cesta. O suor fazia a bola querer escorregar pelas pontas dos meus dedos e gotas dele caiam pelo meu rosto, trazendo seu sabor salgado até meu lábio.”
  4. Inclua uma visão geral da história e do tema dela na última frase. Você também pode colocar uma prévia dos eventos na história, dependendo do que achar que ficará bom na sua narrativa. Essa afirmação vai agir como uma tese para a sua redação. Ela dirá ao leitor o que ele deve esperar, mas sem entregar tudo o que vai acontecer.[14]
    Start a Narrative Essay Step 13.jpg
    • Por exemplo, você pode escrever “Eu nunca achei que aquele passe ia ser o meu último do ano. Porém, se recuperar dessa lesão me ensinou que eu sou uma pessoa forte que consegue alcançar qualquer objetivo que definir para si mesma.”

[editar]Dicas

  • As redações narrativas sempre contam uma história, então crie um enredo para a sua.

[editar]Avisos

  • Não use a ideia de outra pessoa para fazer a sua história e nem copie o trabalho de ninguém. Isso é plágio e pode fazer você sofrer penalidades acadêmicas sérias, além de perder a sua credibilidade.

[editar]Referências

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.