Ads Top

Galaxy Note 20 chega ao Brasil por até R$ 8 mil

Galaxy Note 20 chega ao Brasil por até R$ 8 mil Por Giovanna Wolf São Paulo, 02 (AE) - Novos produtos da Samsung estão chegando ao Brasil. A empresa anunciou nesta quarta-feira, 2, que a linha do Galaxy Note 20 chegará ao País em 18 de setembro: Note 20 e o Note 20 Ultra custarão R$ 6,5 mil e R$ 8 mil, respectivamente. Além disso, a Samsung revelou que o smartphone dobrável Galaxy Z Fold 2 será produzido no Brasil - as vendas começarão em outubro, mas o preço não foi divulgado. A pré-venda da linha Galaxy Note 20 começa nesta quinta-feira, 3. Anunciados globalmente no início de agosto, o Note 20 e o Note 20 Ultra, têm telas de 6,7 polegadas e 6,9 polegadas, respectivamente. O smartphone tem tela infinita de Amoled, com um furo na tela para a câmera de selfie, que fica no centro do aparelho, com lente de 10 MP (megapixels). Na parte traseira, são três câmeras em ambos os modelos: no Note 20, a câmera principal é de 64 MP, enquanto o Note 20 Ultra tem uma lente principal de 108 MP. As outras lentes presentes nos dois modelos são Ultra wide de 12 MP e Teleobjetiva de 12 MP. O Note 20 estará disponível no Brasil nas cores bronze, verde e cinza, com 8 GB de memória RAM e 256 GB. O modelo Ultra chega ao País nas cores bronze, preto e branco, com 12 GB de RAM e 256 GB. A linha Note 20 será compatível com o 5G DDS no Brasil. O Note 20 tem bateria de 4.300 mAh, enquanto a da versão Ultra chega a 4.500 mAh - a título de comparação, o Galaxy Note 10 tem bateria de 3.500 mAh. A nova linha também tem carregamento rápido: segundo a Samsung, é possível carregar mais da metade da bateria dos celulares em 30 minutos. A caneta S Pen, marca registrada da categoria Note, recebeu aprimoramentos na nova linha. Uma das mudanças foi na latência, para permitir que o atraso entre o risco na tela e o escrito no celular seja o menor possível. Também é possível fazer comandos por gestos com a caneta, como sinalizar para voltar à página anterior, para abrir um aplicativo recente ou para capturar a tela do celular. Dobrável O novo smartphone dobrável da empresa, o Galaxy Z Fold 2, será vendido no País a partir de outubro, mas o preço ainda não foi revelado. O aparelho será produzido no Brasil, especificamente em uma fábrica em Campinas. Trata-se do segundo celular dobrável com produção local: o Motorola Razr, lançado no País em fevereiro por R$ 9 mil, também é fabricado por aqui. Assim como seu antecessor Galaxy Fold, o smartphone funciona como uma espécie de tablet que dobra na horizontal, mas traz melhorias no design e em recursos multitarefas, além de prometer maior resistência. O Galaxy Z Fold 2 tem tela de 7,6 polegadas quando aberto e, quando fechado, parece um smartphone comum, com 6,2 polegadas. À primeira vista, essa é a maior mudança: o primeiro Galaxy Fold assumia o tamanho de 4,6 polegadas quando dobrado, dimensões estranhas para quem está acostumado a manusear um smartphone tradicional. Outra diferença visível no design é o espaço para câmera frontal, que no Fold era como uma faixa preta. Agora no Z Fold 2 é um "buraco" na tela. A câmera frontal do Z Fold 2 é de 10 MP, enquanto a câmera traseira possui três lentes de 12 MP. É possível também tirar selfies usando as lentes traseiras, por meio de um preview na tela. Segundo a Samsung, o Galaxy Z Fold 2 aguenta ser dobrado 200 mil vezes em 5 anos, considerando 100 aberturas por dia. Ecossistema A Samsung também vai trazer ao Brasil outros itens de seu ecossistema. O Galaxy Buds Live, novo fone de ouvido sem fio da marca, chegará ao País por R$ 1,3 mil em setembro. Assim como outros modelos de earbuds, o novo fone tem um estojo carregador com bateria própria. Com um formato que lembra o de um feijão, o fone é equipado com uma tecnologia de cancelamento de ruído ativo, que identifica barulhos no ambiente e os cancela automaticamente. O novo relógio Galaxy Watch 3 será vendido no País a partir de R$ 2,8 mil. O aparelho tem recursos como leitura de pressão arterial, eletrocardiograma, medidor do oxigênio do sangue, e detector de quedas. Ele também oferece análises em tempo real do desempenho do usuário em exercícios físicos, e um feedback detalhado dos treinos. Além disso, a Samsung está trazendo ao Brasil dois novos modelos de tablets. O Galaxy Tab S7 chega em setembro por R$ 6,6 mil, e o S7+, só estará disponível em novembro, por R$ 9 mil.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.