Ads Top

Tesouros de vidro do século 17 são encontrados na costa do Mar Negro

Tesouros de vidro são encontrados na costa do Mar Negro, na Bulgária (Foto: Bourgas Municipality)

 

Explorando as águas do Mar Negro perto da cidade de Burgas, no leste da Bulgária, arqueólogos do país encontraram o que batizaram de "tesouros de vidro". Em um anúncio feito pela prefeitura da cidade no último dia 1º de outubro, as autoridades relataram que entre as descobertas estão dezenas de peças, como esculturas e taças de vinho.

 

Arqueólogos especulam que peças foram confeccionadas no século 17 (Foto: Bourgas Municipality)

 

Durante a Idade Média, objetos de vidro de alta qualidade eram itens de luxo, extremamente caros e pertenciam majoritariamente a membros da aristocracia, comerciantes ricos e alto clero na Europa. Após uma análise inicial, os especialistas especulam que os artefatos foram criados na Itália, provavelmente em meados do século 17, e estava em uma embarcação que naufragou.

A presença de artefatos valiosos naquela região do mundo não é novidade. No entanto, como explicaram as autoridades búlgaras, determinar exatamente sua proveniência nunca foi possível. Neste ano, porém, os especialistas resolveram investigar a fundo o que existe na baía de Chengene Skele, na costa sudeste da Bulgária.

A maior parte dos artefatos eram taças de vinho e recipientes (Foto: Bourgas Municipality)

 

Como explicou prefeito de Burgas Dimitar Nikolov, estima-se que menos de 4% daquela região já tenha sido explorada por arqueólogos e, ainda assim, muitos artefatos importantes foram encontrados.

 

"Esperamos mais descobertas interessantes e continuaremos a ajudar os arqueólogos financeira e logisticamente", afirmou a Nikolov, em declaração. "Exibiremos as descobertas no local, na vila de pescadores de Chengene Skele, onde estamos construindo um complexo etnográfico."

A maior parte dos artefatos eram taças de vinho e recipientes (Foto: Bourgas Municipality)

 

O prefeito também disse que há sinais de que a região já foi explorada por mergulhadores ao longo dos anos. "Por isso peço às pessoas que mantêm esses objetos em suas casas que os devolvam para fazermos uma exposição impressionante", observou Dimitar Nikolov. "Declaro oficialmente que o município de Burgas providenciará fundos para a sua compra", avisou.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.