Ads Top

10 vilões com péssimas histórias de origem

O universo da ficção é constantemente dividido entre o bem e o mal. Então, da mesma forma que acompanhamos super-heróis surgindo o tempo todo, também testemunhamos a ascensão de vilões. Alguns contam com histórias de origem definitivamente memoráveis, o que acaba contribuindo para a formação das nossas opiniões sobre os mesmos. Sendo assim, quando uma história de fundo não é das melhores, acabamos enxergando esses vilões de uma forma subestimada. Apesar de dificilmente encontrarmos histórias de origem ruins, elas existem e reunimos aqui algumas para provar. Logo abaixo você pode conferir do que estamos falando.

10 – Prometheus (uma versão espelhada e genérica do Batman)

Levando em consideração a icônica galeria de vilões do Batman, é compreensível que outros nomes ofusquem Prometheus. No entanto, estamos aqui para colocar um holofote nesse personagem, de uma forma não muito boa. Acontece que Prometheus é conhecido por sua obviedade, ele é um vilão um tanto quanto genérico e previsível e isso está relacionado à sua origem. Ele é um típico personagem criado para espelhar o Homem-Morcego. Apesar disso ser algo que já vimos acontecer diversas outras vezes, nesse caso tudo acontece de forma meio exagerada.  Só para ilustrar, além do traje parecido, Prometheus é órfão. Acredite se quiser, os pais do vilão eram criminosos que foram assassinados pela polícia, assim o jovem acabou dedicando sua vida à vingança e injustiça. Isso te lembra algo?

9 – Pecado (existem vilões com problemas parentais)

Aproveitando a deixa de pais criminosos, vamos falar de Pecado, ninguém mais, ninguém menos que a filha do Caveira Vermelha. De acordo com Rousseau, o homem é produto do meio. Sendo assim, quando seu pai é um supervilão nazista, as chances de você seguir o caminho contrário são baixíssimas. Além disso, a coisa fica ainda mais bizarra quando descobrimos que Pecado foi colocada em uma máquina de envelhecimento, para que não tivesse nenhuma infância e se tornasse instantaneamente adulta – haja terapia pra uma situação dessa. Não é como se esperássemos que um nazista fosse um bom pai, mas Caveira Vermelha se superou, dando à filha uma origem péssima e traumática.

8 – Homem-Leiteiro (uma versão peculiar do Superman)

Pra começar, não tem como um personagem com esse nome ser levado a sério, imagine sua origem. Contudo, apesar disso, o Homem-Leiteiro deveria ter tido mais destaque no universo dos quadrinhos. Em suma, ele é um clone do Superman que acredita ser um leiteiro. Okay, mas como ele surgiu exatamente? Bom, eis a questão, esse carinha é produto do beijo de duas pessoas que não deveriam existir, Casey Brinke e Terry None da Patrulha do Destino. Todavia, a história não para por aí, após nascer, o Homem-Leiteiro é levado pela Retconn e transformado em uma arma de destruição que bebe leite. Apesar de toda insanidade em torno de sua origem ele é um daqueles vilões super legais.

7 – Mulher-Leopardo (pesquise antes de fazer um ritual)

Embora seja subestimada com frequência, a Mulher-Leopardo definitivamente é uma boa vilã e estamos ansiosos para vê-la na grande tela em Mulher-Maravilha 1984. Contudo, é de se esperar que sua origem no cinema seja diferente do que foi apresentado nos quadrinhos. Inicialmente, Barbara Minerva só se transformava na deusa leopardo durante a lua cheia devido um pequeno desentendimento no ritual que a transformou na personagem. Acontece que precisavam de uma virgem e Barbara não atendia esse requisito, se é que me entende. Posteriormente, Circe à deu uma poção que transformou Minerva inteiramente na Mulher-Leopardo. De qualquer forma, a história já estava escrita e não havia como simplesmente deixar pra trás aquilo que havíamos visto.

6 – Gorila Grodd (a genialidade vem de berço)

A história de Grodd é a seguinte: ele não se tornou inteligente do nada, na verdade, ele fazia parte de um grupo de macacos já avançados que receberam seus poderes da Força da Velocidade – a mesma entidade por trás dos poderes do Flash – após adorarem o deus responsável por exterminar os maias no passado. Isso mesmo, esses macacos não só conhecem uma parte da história que tentamos resolver há anos, como também estão de alguma forma conectados à ela e conseguiram manter uma cidade de macacos hiperinteligentes escondida de nós. Então, os humanos no universo DC estão muito abaixo na cadeia da evolução. Mas espera aí, essa não é uma história ruim, certo? Acontece que a história original de Grodd atribui seus poderes à exposição a uma rocha espacial.

5 – Mad Mod (vilões minimalistas estão na moda)

Ao contrário da maioria dos vilões que integram essa lista, o Mad Mod não é um figura muito conhecida pelos fãs. Contudo, se você assiste Jovens Titãs, provavelmente se lembra do personagem. A animação teve um grande peso na popularização desse ícone cômico cujas principais características envolvem seu humor britânico e sua afinidade com a moda. Surpreendentemente, sua origem é bem rasa. Em suma, Neil Richards amava roupas e amava o crime, e assim seu desejo desesperado de combinar os dois deu origem a seu vilão pseudônimo, Mad Mod. Há quem diga que a simplicidade nessa origem é cativantes, afinal, algumas pessoas são minimalistas e não precisam de grandes motivações, apenas nascem más.

4 – Massacre (a mescla das mentes de Professor X e Magneto)

Se por um lado Mad Mod é cativante, Massacre certamente é definitivamente o nome mais intimidador dessa lista. Entretanto, apesar de seu design durão, um conjunto insano de habilidades e um conceito interessante, sua história de origem é questionável. Ele é uma entidade psiônica criada após Professor X e Magneto fundirem suas mentes. Apesar disso ter bastante potencial narrativo, Massacre acabou se limitando a tentar usar a paixão de Xavier por Jean Grey para transformá-la no mal. Nem precisamos dizer o quão estranho foi descobrir que Xavier nutria uma paixão pela mulher que ele educou na infância e viu crescer, é como se ele fosse pai dela. Então, assim um conceito cheio de potencial acabou indo pro ralo.

3 – DeSaad (certamente a pior motivação de vilania que já vimos)

Qualquer um que tenha crescido sob a influência de Darkseid acabou desenvolvendo uma afinidade pelo mal, e com DeSaad não foi diferente. O servo do deus não foi submetido a circunstâncias extremas, nem torturado ou sofreu lavagem cerebral, ou qualquer uma das coisas que geralmente acontecem àqueles que Darkseid mantém perto dele. Acredite se quiser, toda a raiz da maldade de DeSaad está relacionada à uma experiência ruim com seus animais de estimação. Acontece que Darkseid contou ao vilão que seu gato de estimação havia matado seu passarinho de estimação e assim DeSaad se tornou seu lacaio. Sim, não tem mais, foi isso que aconteceu. Uma decepção até mesmo para os próprios outros vilões dessa lista.

2 – Cassandra Nova (alguns vilões descobrem sua vocação no útero)

À primeira vista, a história de Cassandra parece fascinante e muito bem escrita. Afinal, a história de gêmeos separados no nascimento não é incomum ao universo narrativo, mas quando isso acontece nos X-Men e, principalmente, com o Professor X, tudo atinge um novo patamar. No entanto, toda a história de origem de Cassandra é meio desnecessariamente estranha. Em vez de ser apenas um bebê que Xavier expulsou no útero – dando-lhe assim um motivo justo para ainda estar louca depois de todos esses anos – Nova é uma Mummandrai, que é mais facilmente descrita como uma espécie de espírito maligno. Então, ainda no útero Charles sentiu sua vibe maligna e a expulsou do útero da mãe. Porém, Cassandra não morreu. Em vez disso, ela passou anos crescendo como uma série de células em uma parede de esgoto até que pudesse se vingar. Cara, é impossível não considerar todo esse enredo como algo completamente insano.

1 – Lex Luthor (um dos vilões mais mesquinhos de todos os tempos)

Com o passar dos anos Lex Luthor se tornou tão popular e ganhou tantas adaptações em outras mídias que sua história de origem nos quadrinhos acabou sendo deixada de lado. Contudo, nós da Fatos Nerd estamos aqui para te lembrar de tudo. Inicialmente, Luthor era um humilde cientista adolescente que se orgulhava de duas coisas na vida: de sua habilidade científica e de suas belas madeixas. Certo dia, Lex salvou o Superboy de um meteoro de Kryptonita e, como agradecimento, o krypyoniano lhe deu um laboratório customizado. Contudo, deixar um adolescente com produtos químicos perigosos e desconhecidos não foi a melhor das ideias. Assim, um incidente acabou deixando Lex careca e o levou a odiar o Superman pelo resto de sua vida e ganhar o título de um dos vilões mais mesquinhos de todos os tempos.

Fonte: WhatCulture
Imagens: DC Comics  Marvel  Cartoon Network.

Essa matéria 10 vilões com péssimas histórias de origem foi criada pelo site Fatos Desconhecidos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.