Ads Top

Armadura do Homem de Ferro pode quebrar Adamantium e Vibranium

A nova série do Homem de Ferro na Marvel Comics tem sido escrita por Christopher Cantwell. Logo em sua primeira edição, o quadrinista já apresentou Tony Stark mudando-se para Nova York em uma tentativa de recomeçar sua vida. Após passar por várias adversidades, Stark notou que havia perdido o contato com o público e elaborou uma estratégia para aprimorar sua carreira de super-herói e voltar a ser o centro das atenções. Pensando nisso, Tony notou que um upgrade seria necessário, então o personagem resolveu investir em uma nova armadura. Esse traje inédito consiste na combinação de suas armaduras mais modernas, envolvendo nanotecnologia e tudo mais, e revisita seu traje dos anos 70 esteticamente (via CBR).

Apesar do visual desse novo traje ser uma homenagem ao passado, chegando a caber dentro de uma mala, não há nada de arcaico nele. Assim como dissemos acima, a armadura conta com uma tecnologia de ponta e um completamente inédito sistema de Inteligência Artificial. Todavia, Iron Man #2 também fez questão de mostrar um novo recurso dessa vestimenta.

Após ser convocado para uma missão ao lado de Patsy Walker, a Felina, o Homem de Ferro se vê frente a frente com um vilão do Homem-Aranha. Visto que, recentemente, a Viúva Negra também teve de derrubar um clássico adversário do teioso, nos pegamos refletindo que, ou o amigo da vizinhança não está dando conta de toda sua carga profissional, ou a Marvel está com uma deficiência de vilões em sua galeria, tendo de fazer um rodízio entre os personagens. De qualquer forma, Stark e Walker foram chamados para impedir a ação de Cardiac, que havia acabado de sequestrar vários funcionários da Stark Pharmaceutical. Tal contratempo acabou permitindo que Tony fizesse uma demonstração prática de um novo recurso de sua armadura.

O novo recurso da armadura do Homem de Ferro

Após voar direto para a localização do vilão e descobrir que o mesmo havia construído uma prisão esférica opaca para os cientistas, Stark viu que estava com problemas. Em suma, a esfera não possuía sistema de filtragem de ar, o que significava que os prisioneiros morreriam a qualquer momento por falta de oxigênio. Correndo contra o tempo, o Homem de Ferro tentou explodir a esfera, mas a mesma permaneceu inalterada. Em seguida, seu sistema de IA fez uma análise e revelou que isso aconteceu porque a esfera era composta por uma mescla de vibranium e adamantium, dois dos metais mais fortes do Universo Marvel. Sendo assim, Tony teve de tomar uma medida drástica, mas que acabou funcionando.

Voando à toda velocidade contra a prisão esférica, o Homem de Ferro conseguiu abrir um buraco na mesma, quebrando 17 ossos de seu corpo no processo, mas salvando seus funcionários. Apesar de ter custado um preço significativo para Stark, essa façanha foi capaz de mostrar que sua mais recente armadura realmente é poderosa. Adamantium e vibranium são metais considerados indestrutíveis. Enquanto o primeiro é conhecido por constituir o sistema ósseo de Wolverine, tornando-o uma máquina de matar inquebrável, o último foi usado para criar o escudo do Capitão América. Surpreendentemente, Tony Stark construiu algo mais poderoso do que ambos. Isso definitivamente não é para qualquer um.

Imagens: Marvel.

Essa matéria Armadura do Homem de Ferro pode quebrar Adamantium e Vibranium foi criada pelo site Fatos Desconhecidos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.