Ads Top

Bebês neandertais também comiam alimentos sólidos a partir de 6 meses

Os neandertais também introduziam alimentos sólidos aos seus bebês após 6 meses (Foto: Nikola Solic/Reuters)

 

Em um estudo publicado no último dia 2 de novembro no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), cientistas analisaram três dentes de leite de crianças neandertais, a espécie mais próxima aos humanos modernos e conseguiram determinar o ritmo do crescimento e o tempo de início do desmame entre espécimes desses "parentes" que viveram entre 70 mil e 45 mil anos atrás em uma região no nordeste da Itália.

 

Os dentes registram informações na forma de linhas de crescimento que podem ser lidas por meio de técnicas histológicas. Combinando isso com dados químicos obtidos por meio de espectrômetro de massa a laser, os cientistas foram capazes de mostrar que esses neandertais introduziam alimentos sólidos na dieta de seus filhos entre os 5 e 6 meses de vida.

Reconstituição 3D dos dentes de recém-nascidos neandertais (Foto: Federico Lugli)

 

"Nos humanos modernos, de fato, a primeira introdução de alimentos sólidos ocorre por volta dos 6 meses, quando a criança necessita de um suprimento alimentar mais energético. Agora, sabemos que também os neandertais começavam a desmamar seus filhos quando os humanos modernos o fazem", comenta Alessia Nava, da Universidade de Kent, no Reino Unido e coautora da pesquisa, em nota.

Stefano Benazzi, da Universidade de Bologna, na Itália, aponta a probabilidade dos bebês neandertais terem peso semelhante aos Homo sapiens. "Os resultados deste trabalho implicam demandas de energia semelhantes durante a primeira infância e um ritmo próximo de crescimento entre o Homo sapiens e os neandertais". 

 

Os dentes encontrados também foram importantes para que os cientistas entendessem o deslocamento das famílias de neandertais com a análise do isótopo de estrôncio. O estudo mostra que esses seres passavam a maior parte do tempo perto de suas casas, o que reflete um modelo mental muito moderno e um provável uso bastante cuidadoso dos recursos locais de onde viviam.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.