Ads Top

Emicida, Jup do Bairro e Ludmilla são destaques no Prêmio Multishow 2020; veja a lista de vencedores

Premiação aconteceu em formato híbrido, com locações físicas e participações virtuais (Foto: Reprodução)

Completamente repaginado por conta da pandemia, os organizadores do Prêmio Multishow 2020 abusaram de recursos tecnológicos a fim de deixar menos monótona a premiação deste ano. Conseguiram.

No ar desde 1994, a cerimônia reconhece os principais destaques da música brasileira e incumbiu a Paulo Gustavo, Iza e Tatá Werneck a missão de comandar uma noite de atrações espalhadas Brasil afora.

Entre os grandes vencedores da noite estiveram Emicida e Jup do Bairro, que levaram pra casa duas das mais importantes categorias do Superjúri. O rapper ficou com o troféu de Álbum do Ano, por “AmarElo”, enquanto Jup descolou o prêmio de Artista Revelação.

A expectativa, entretanto, se concentrou nas atrações musicais. Além de Black Alien, que voltou neste ano para apresentar as canções do premiado “Abaixo de Zero: Hello Hell”, um dos trabalhos eleitos pelo superjúri em 2019, Ludmilla e seu alinhado ballet foram responsáveis por uma das grandes apresentações da noite. Cercada por um bailarinas de máscara, a cantora entoou sucessos como “Verdinha” e aproveitou a oportunidade pra fazer a estreia do single “Rainha da Favela”, lançado horas depois nas plataformas digitais.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Hoje ninguém vai estragar o dia da @ludmilla depois dessa performance maravilhosa no #PrêmioMultishow 👏🏼

Uma publicação compartilhada por @ multishow em

Lulu Santos, direto do Morro da Urca, e Tereza Cristina, por sua vez nos Arcos da Lapa, trouxeram boas doses de amor e esperança ao cantar os sucessos “A Cura” “O Bêbado e a Equilibrista” – sentimentos que aquecem a alma em tempos difíceis como os de agora.

 

Ver essa foto no Instagram

 

DIRETO DOS ARCOS DA LAPA 💛 A rainha das lives e a cara do samba raiz do Rio @teresacristinaoficial , você é essencial! Que performance! ✨

Uma publicação compartilhada por @ multishow em

Em tom combativo, MC Zaac e Luísa Sonza, esta última uma das vencedoras do prêmio de “Clipe do Ano”, escolheram o Auditório do Ibirapuera, em São Paulo, pra apresentar um medley que trouxe entre outros sucessos “Toma” e “Braba”. Para além do discurso empoderado contido nas faixas, que versam sobre a liberdade sexual feminina, a artista aproveitou a ocasião para fazer um manifesto contra o machismo.

“Quando se trata de nós o quadro de vítimas é invertido. O tamanho do vestido importa mais que a nossa voz. A gente tá pedindo respeito, vocês não vão mais nos calar. Justiça por Mari [Ferrer] e por todas nós]”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Tô até agora chocado feat. apaixonado com essa performance da @luisasonza no #PrêmioMultishow 🤩 Vem babar comigo, vem! 🤪

Uma publicação compartilhada por @ multishow em

Na mesma onda, a anfitriã Iza, que chamou a atenção pelos vários visuais que escolheu para a noite, entregou uma densa interpretação para a faixa “Meu Talismã”. Não era preciso muito mais do que seu talento e um jogo de luzes, mas sabe como é. Iza é Iza! Sempre um espetáculo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

A mulher, o ícone, o acontecimento, @iza, você é MEU TALISMÃ! 💫 Que mulher, que momento, que performance 🤩

Uma publicação compartilhada por @ multishow em

MC Rebecca, Pedro Sampaio, Jão, que se arriscou cantando Cazuza, e Dilsinho, autor de mais um poderoso medley da noite, também deram o que falar.

 

Ver essa foto no Instagram

 

O @DjPedroSampaio encerrou o #PrêmioMultishow com a vibe LITERALMENTE lá em cima! Showzaço 😎

Uma publicação compartilhada por @ multishow em

 

Ver essa foto no Instagram

 

Little Dilson na área! 🤩 Que pedrada no meu coração que foi esse musical, hein, @dilsinho? Faz isso não, que eu tô emotivo! #PrêmioMultishow 🤧

Uma publicação compartilhada por @ multishow em

Confira a lista completa de vencedores

Melhor cantor
Gusttavo Lima

Melhor cantora
Ivete Sangalo

​Melhor grupo
Lagum

Experimente
Menos É Mais

Melhor dupla
Jorge & Mateus

Live do ano
Marília Mendonça

Clipe do ano
Anitta, LEXA, Luísa Sonza e MC Rebecca com “Combatchy”

Música chiclete
“Sentadão”, Pedro Sampaio, Felipe Origianl e JS O Mão de Ouro

Música do ano
“Verdinha”, Ludmilla

Canção do ano – Superjúri
“Braile”, Rico Dalasam e Dinho

Artista revelação – Superjúri
Jup do Bairro

Álbum do ano – Superjúri
“AmarElo”, de Emicida

Direção do ano
Céu – “Corpocontinente”

Capa do ano
Kiki Dinucci

Gravação do ano
“Rastilho”

Produtor do ano
Nave Beatz

O post Emicida, Jup do Bairro e Ludmilla são destaques no Prêmio Multishow 2020; veja a lista de vencedores apareceu primeiro em PAPELPOP.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.