Ads Top

Diana Ross lamenta morte de Mary Wilson: “The Supremes vai viver em nossos corações”

The Supremes foi criado em 1959, quando Mary tinha apenas 15 anos (Reprodução / Instagram)

Mary Wilson, uma das fundadoras do grupo The Supremes, morreu na noite de ontem (08) em Las Vegas. A triste notícia foi divulgada pelo publicitário Jay Schwartz, mas a causa do falecimento ainda não foi confirmada. Com pesar, Diana Ross lamentou a morte da antiga parceira através do Twitter.

“Acabei de acordar com esta notícia. Meus pêsames, família de Mary. Lembro-me de que cada dia é um presente. Tenho tantas memórias maravilhosas de nosso tempo juntas, ‘The Supremes’ vai viver em nossos corações”, escreveu a cantora.

The Supremes foi criado em 1959, quando Mary tinha apenas 15 anos. Junto a Diana Ross e Florence Ballard, que posteriormente foi substituída por Cindy Birdsong, a cantora emplacou hits como “Where Did Our Love Go”, “You Can’t Hurry Love” e “Up the Ladder to the Roof”.

O grupo se apresentou pela última vez em 1977, quando foi dissolvido pela gravadora Motown Records. Poucos anos depois, em 1994, The Supremes ganhou uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood.

Em carreira solo, Mary Wilson lançou dois álbuns, realizou uma turnê de sucesso, participou do reality “Dancing with the Stars” e publicou quatro livros. No último domingo (07), apenas dois dias antes de falecer, a cantora postou um vídeo no Youtube para anunciar que estava trabalhando no lançamento de um novo material solo.

Descanse em paz, Mary.

O post Diana Ross lamenta morte de Mary Wilson: “The Supremes vai viver em nossos corações” apareceu primeiro em PAPELPOP.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.